Fim das Turnês: Rage Against The Machine


A notícia abalou os fãs do Rage Against The Machine. Após uma série de incertezas e cancelamentos, o baterista Brad Wilk decidiu encerrar todas as expectativas. Através das redes sociais, anunciou de forma clara e direta: não haverá mais turnês nem shows ao vivo do RATM.

A banda, reconhecida por sua música poderosa e letras politizadas, havia encerrado suas atividades em 2000, retornando apenas para shows em 2007 e 2019. No entanto, a pandemia trouxe mais obstáculos. A tão esperada Public Service Announcement Tour foi encurtada devido a uma lesão séria do vocalista Zac De la Rocha.

O episódio no Madison Square Garden, em agosto de 2022, tornou-se, portanto, o último ato. Um concerto marcante, mas também simbólico, finalizando uma jornada musical que atravessou gerações.

O anúncio de Wilk encerrou de vez as esperanças de ver a banda em ação novamente, decepcionando os fãs que aguardavam por novas apresentações. Mesmo sendo homenageados no Rock and Roll Hall Of Fame no ano passado, apenas o guitarrista Tom Morello compareceu à cerimônia, já sinalizando um possível desfecho.

A mensagem de Wilk, direta e sem rodeios, encerra um capítulo importante na história do rock. A legião de fãs permanece com a música impactante e o legado inegável deixado por uma das bandas mais influentes dos anos 90.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

YouTube
YouTube
Instagram